quinta-feira, janeiro 24, 2008

Luto

Eu acho que estou começando a elaborar o meu "luto"... Luto de relacionamento mesmo... Em geral não sinto essa necessidade de ficar quieta, parada, sozinha, sentindo a minha dor. Não mesmo... Prefiro, ao contrário, mergulhar de cabeça em sensações boas, em novos amores, em novas possibilidades, em coisas que me fazem sorrir... Mas ainda assim sempre resta alguma coisa. Porque quando a gente investe tudo no outro e não sente uma reciprocidade (sem culpas, somente constatando uma realidade), a gente deixa a nossa felicidade nas mãos das outras pessoas e isso tem um ônus muito grave... Perder a responsabilidade sobre a nossa própria felicidade, acomodar e ficar esperando que tudo de bom venha da outra pessoa... Vou copiar aqui um texto que li num site. Faz tanto sentido pra mim, que não quero perdê-lo...

"No momento em que você faz de tudo para agradar o outro, no sentido de tê-lo de qualquer forma, você acaba por abrir mão de valores importantes para você e, assim, se esvazia abaixando a sua auto-estima). O melhor que podemos fazer com as frutrações inevitáveis da vida, é reciclá-las.
Muitas vezes, formamos uma imagem idealizada do outro e é por essa imagem que nos apaixonamos. Quando a realidade se impõe diante de nós, reagimos chocadas como se, pela primeira vez, nos deparássemos com o que sempre esteve diante dos nossos olhos."

Um comentário:

Só de Passagem disse...

Você conhece essa?
http://www.azlyrics.com/lyrics/alanismorissette/spineless.html