sexta-feira, novembro 23, 2007

Redemption

Não me culpe, por favor. Não me culpe por eu estar feliz. Não me culpe pelo seu estado. Não me culpe pelas suas escolhas. Não me culpe pelo que você deixou de fazer, nem pelo que fez demais. Não me culpe por ser diferente. Não me culpe por acreditar enquanto você desistia. Não me culpe por estar sempre lá, mesmo quando você não estava mais. Não me culpe por não ter visto a situação da mesma forma que eu via. Não me culpe pelo meu cansaço e desânimo, nem pelo seu tédio e descrença. Não me culpe por desistir de tentar, de bater a minha cabeça no chão, de arrancar meus cabelos. Não me culpe por não querer mais gritar, nem chorar, nem ter portas batidas na minha cara. Não me culpe por não querer mais estar só. Não me culpe pelo que deu errado, as escolhas nunca foram só minhas. Nunca. Não me culpe pelo tempo, ele passa sozinho, eu só sento e espero. Não me culpe pelas suas lágrimas, elas também escorrem sozinhas e eu não tenho como fazê-las parar agora. Não me culpe pelo que eu não consegui fazer. Não me culpe por ter desistido. Não pense que a culpa é toda sua também, não é. Mas me livre dessas mais injustas, dessas que maltratam. Erramos juntos, erramos os dois em muitas, muitas coisas, e acertamos em muitas outras também. Só tá meio difícil de ver agora, mas é sempre assim, não é? Deixe as coisas mais leves agora, por favor, estou precisando tanto desse momento. Me livre de ter que pedir perdão, se assuma um pouco também, só vai te ajudar, só vai me ajudar, pode acreditar...

Ok... Por essa mágoa toda você pode me culpar... Mas, olha... Não vou pedir desculpas... Não mesmo... Agora não...

"...Um dia desses
Num desses
Encontros casuais...

Talvez a gente
Se encontre
Talvez a gente
Encontre explicação...

Um dia desses
Num desses
Encontros casuais...

Talvez eu diga:
-Minha amiga,
Pra ser sincero
Prazer em vê-la!
Até mais!..."

(Engenheiros do Hawaí - Pra ser sincero)

Um comentário:

Pooka disse...

Só temos a nós pra nos culpar, sempre e sempre...