sexta-feira, maio 16, 2008

Bisturi

Quatro dias é tempo demais para esse silêncio quase sepulcral. Daí, os hormônios me dão trégua, e como fêmea que sou, sangro. Sangue do mês, aquele que regra, e tudo parece melhorar. Tenho picos de depressão na TPM. A terapeuta diz que devo ver isso. Não quero, não agora. Parece que sinto necessidade desses dias em que só o choro cura, só as lágrimas dão jeito. E quando o sangue vem, um alívio parece tomar conta de mim. Esperança, quase. Algo que retomo. Me redescubro depois da crise. Com mais esperança e algumas certezas não muito boas, mas talvez que se revelem a melhor saída a longo prazo. Certas coisas não podem mais ser adiadas. Farei.

Um comentário:

110 disse...

Nada mais loquaz que o silêncio...