quarta-feira, julho 11, 2007

EIRPG

Sábado de internacional é tradição por aqui. Desde não sei quando.

Desde sempre. Esse ano foi a XV edição e eu não me lembro de ter faltado em nenhuma.

Desde quando o evento era no Ibirapuera e eu ia só para encontrar o pedestal-mor (sai, uruca!).

Desde 1999, quando eu percebi que sobreviveria naquele meio estranho e hostil mesmo sem o pedestal-mor por ali...

Desde 2000, quando comecei a passar madrugadas e mais madrugadas insones jogando RPG nas salas de bate-papo da UOL.

Desde 2001, quando a Turmaluka virou uma turma de pessoas de verdade e não mais um bando de nicks sem rosto que passavam madrugadas insones na internet.

Desde 2002, quando eu fiz o primeiros cosplay da minha vida e encarnei uma fantasia de Delírio dos Perpétuos em plena visita do Gaiman ao Brasil. Acho que nunca posei para tantas fotos na minha vida.

Desde 2003, quando a nova geração da UOL apareceu e junto com ela um grupo de amigos especiais se juntou pela primeira vez pessoalmente. Alguns se foram, por vontade minha ou deles. Alguns ficaram. Um deles é meu anjo da guarda e assim será para sempre.

Desde 2004, quando eu entrei para o The Camarilla Brasil, joguei um dos live-actions mais inspirados da minha vida e todo um novo mundo surgiu. Quando eu hospedei na minha casa um cara que conheci pelo orkut (Duarte, querido, você é um amigo e tanto, sem palavras, nunca me arrependi da "loucura" :o)...)

Desde 2005 quando eu já era veterana no The Camarilla e quando os amigos mais do que especiais da comunidade Malk se reuniram por aqui num encontrão sem precedentes. Ivan já fazia parte da minha vida mais do que ele imaginava.

Desde 2006, primeiro internacional em que o Samuquinha nos acompanhou, com um mês de vida! Veteraníssimo de Internaiconal esse meu pequeno!

Até 2007, o segundo internacional do meu baixinho querido. Dessa vez ele aproveitou demais, com seu 1 aninho todo. Muito bom rever tantos e tantos amigos queridos e apresentar oficialente o meu filhote para a sociedade RPGística... Muito bom estar num lugar que me faz sentir tão em casa, tão feliz...

Preciso voltar a jogar. Urgente!

Um comentário:

Renata disse...

não entendi metade de tudo isso que vc disse... :O)
mas parece bacana!
:O))))