quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Navidad

Talvez eu não esteja conseguindo escrever porque tenho medo do que pode aparecer quando eu pegar a faca, enfiar fundo na barriga e então deixar as vísceras mais uma vez expostas por aí. Não é exatamente a mais saudável das atividades, essa. Não é uma brincadeirinha. Envolve corações, sentimentos, verdades inquestionáveis, outras um pouco mais questionáveis. E como disse um dia desses, com certas coisas eu prefiro não brincar. Porque depois a gente tem que lidar com as consequências. Todas elas. Sejam boas ou ruins. Talvez eu ainda não esteja preparada. Ou talvez esteja morrendo de medo do que vou encontrar. Sempre dá medo. De depois não ter mais volta. E se não der mais pra costurar de novo?

2 comentários:

A. Diniz disse...

Faça como minha pessoa: exponha-se, apague, e deixe que o Cache do Pai Google nos traga a redenção.

Renata disse...

sempre dá, linda.
ou no mínimo, se não dá, dá pra recomeçar num novo corpo, vísceras novas, para começar tudo de novo.
bjo