sexta-feira, outubro 26, 2007

Desmagoa?

*bate duas vezes no microfone pra testar*
Praquele amigo meu que já não acredita mais no amor.
Com carinho, um girassol e uma travessa de jujubas.
A massagem fico devendo.
*microfonia*

"- Jasão chora os filhos mortos:
Se você tá procurando amor
Deixe a gratidão de lado:
O que que amor tem que ver
Com gratidão, menino,
Que bobagem é essa?

- Dr. Burgone:
O amor é egoísta,

- Coro de Medéia:
Sim – sim – sim, Tem que ser assim.

- Dr. Burgone:
O amor, ele só cuida

- Coro de Medéia:
Si – si – si
Só cuida de si.

- Dr. Burgone:
Então quer dizer que o amor é mesmo sem caráter?

- Coro de Medéia:
Sim – sim – sim – sim
Tem que ser assim,

- Dr. Burgone:
E sem caráter, de quem é que ele cuida?

- Coro de Medéia:
Si – si – si
Só cuida de si.

- Medéia, Ariadne e Electra:
Sem alma, cruel, cretino,
Descarado, filho da mãe,
O amor é um rock
E a personalidade dele é um pagode.

- Canto de Ofélia:
Meu primeiro amor
Tão cedo acabou
Só a dor deixou
Neste peito meu.

Meu primeiro amor
Foi como uma flor
Que desabrochou
E logo morreu.
Nesta solidão,
Sem ter alegria
O que me alivia
São meus tristes ais.

São prantos de dor
Que dos olhos saem
Pois que eu bem sei
Quem eu tanto amei
Não verei jamais."

(Tom Zé - O Amor é um Rock)

Um comentário:

Renata disse...

ai, e eu que nos últimos dias bem que teria precisado de uma travessa de jujubas... o mais colorida possível.